Óleo essencial de Bergamota benefícios e propriedades

O óleo essencial de bergamota é produzido através da prensagem a frio da casca do fruto da bergamota quando esta está quase madura. A árvore é o resultado do cruzamento dos limoeiros e laranjeiras, o que explica a sua forma de pêra e a sua cor amarela.

Embora suas raízes remontem ao sudeste asiático, a bergamota tem sido amplamente cultivada no sul da Itália, especificamente nas regiões costeiras de Reggio di Calabria e Sicília. Na verdade, o óleo essencial de bergamota recebeu o nome da cidade de Bergamo, na Lombardia, Itália.

Quais são os benefícios do óleo de Bergamota?

O óleo tem incríveis propriedades antibacterianas, analgésicas, anti-sépticas, antiespasmódicas e relaxantes. Na sua época, os italianos usavam-no como remédio popular para curar febres e expelir vermes intestinais.

Além disso, o óleo essencial de bergamota tem os seguintes benefícios

Alivia os sintomas e complicações das infecções bacterianas: pode adicionar óleo de bergamota à água do banho para ajudar a prevenir a propagação de infecções bacterianas da uretra na bexiga.

– Acelera o processo de cura de feridas e úlceras da boca: aplique o óleo topicamente na área afetada até que a condição melhore.

– Previne e melhora a condição da pele de fungos e infecções

Reduz a ansiedade: os especialistas dizem que quando usado em aromaterapia, o óleo pode baixar os níveis de stress e ansiedade dos pacientes antes da cirurgia. Também alivia a depressão e elimina a síndrome de fadiga crónica.

Usos do óleo essencial de Bergamota

Recomendamos este óleo essencial como repelente de insectos, desodorizante, para ser tomado por inalação ou como óleo de massagem.

Abaixo estão alguns dos seus outros usos práticos:

Aroma doce e cítrico: devido ao seu aroma frutado e subtilmente picante, o óleo de bergamota é frequentemente adicionado a diferentes perfumes e produtos cosméticos. O óleo é um ingrediente importante em muitos dos perfumes mais conhecidos.
Sabor frutado: é frequentemente utilizado para fazer compota e doces.
Repelente de pragas: é utilizado para proteger as culturas, uma vez que as suas raízes têm um cheiro forte.

Como aplicar óleo essencial de Bergamota?

Este óleo tem uma série de propriedades benéficas e pode ser utilizado eficazmente sob diferentes condições.

O óleo essencial de bergamota pode ser:

  • Adicionado à água para um banho aromático que ajudará a reduzir o stress.
  • Inalado para um impulso imediato de positividade.
  • Aplicado topicamente para aliviar as picadas de insectos.
  • Usado com camomila e funcho como óleo de massagem para a zona abdominal para tratar a indigestão e flatulência.
  • Misturado com óleo de lavanda, sal e água para fazer uma lavagem genital e prevenir infecções urinárias.

Precauções

O uso de óleo de bergamota é geralmente seguro, mas antes de o utilizar num plano de tratamento para qualquer doença deve sempre consultar um médico.

O óleo não é recomendado para mulheres grávidas ou lactantes e crianças muito pequenas.

Como o óleo de bergamota pode aumentar sua vulnerabilidade aos danos causados pelo sol, ele nunca deve ser usado com drogas fotossensibilizantes.

Não é recomendado tomar banho de sol depois de aplicar óleo de bergamota na sua pele. Devido ao seu conteúdo absorvente de UV, o óleo de bergamota pode induzir fotossensibilidade e pode levar a queimaduras extremas e outras complicações.

A mesma advertência aplica-se a todos os óleos essenciais derivados de citrinos, tais como limão, laranja e lima. Espere até 72 horas após uma aplicação tópica para sair ao ar livre.

O óleo pode causar irritação na pele de algumas pessoas, que se manifesta através da formação de bolhas, crosta, vermelhidão e mudanças de pigmento. Antes de utilizar o óleo essencial de bergamota como tratamento de cuidado natural da pele, teste-o com uma pequena quantidade.

Pode lhe interessar:

rosa de mosqueta
Óleo essencial de Rosa
arvore do chá
Óleo essencial de Árvore de Chá

Deja un comentario